Teaser: recurso primordial da estratégia de campanhas.


No artigo anterior que você confere clicando aqui, explanamos a estratégia completa para um lançamento imobiliário, desde a concepção até o lançamento do empreendimento. Exemplificamos também as técnicas e formatos de materiais publicitários utilizados para otimizar cada fase, visando atrair potenciais interessados, se relacionar com eles e, finalmente, converter prospects em clientes.

Nesta publicação, aprofundaremos sobre a fase de teaser. O termo teaser vem do inglês e significa motivar ou aguçar o interesse. A intenção do teaser, entretanto, é de gerar curiosidade, mas sem entregar tudo, como se fossem peças de um quebra-cabeças cedidas aos poucos.




Cabe lembrar que este é o primeiro contato com potenciais clientes, portanto, a quantidade, a qualidade e o cadenciamento das informações cedidas ao público são cruciais para cativar a atenção e gerar expectativa.

Pense no trailer de um filme. Nele, são dados recortes de informação suficientes para ambientar a história, os personagens e o clima deste filme. Um bom trailer é capaz de gerar emoções e expectativas que nos levem a decidir que iremos assisti-lo assim que for lançado. Tudo isso, em poucos minutos.


Com um empreendimento imobiliário, não é diferente, mas agora você deve estar se perguntando: “Onde e como eu divulgaria o teaser do meu empreendimento imobiliário?”. Alguns recursos são utilizados para isso, então vamos às técnicas empregadas no teaser:


Eventos e mídias offline:


Os eventos e mídias offline, tais como jornais e outdoors já foram utilizados de forma massiva para o lançamento de empreendimentos imobiliários. Neles, eram apresentados os primeiros esboços do empreendimento, as primeiras imagens 3D e as tradicionais mensagens de teaser, como: “vem aí”, “em breve”, “aguarde” ou “entre em contato com o corretor para saber mais”.


Hoje, mídias offline e eventos ainda são importantes e utilizados, mas cedem cada vez mais espaço às estratégias digitais, seja pela mudança de comportamento dos consumidores, pelo próprio dinamismo das peças publicitárias ou, até mesmo, pela pandemia de Covid-19 que trataremos na próxima postagem.

Também para otimizar o custo de divulgação no lançamento de empreendimentos imobiliários, os eventos e mídias offline se tornaram suportes na estratégia de conversão vinda do universo digital por meio das landing pages e de seus leads qualificados, conforme veremos a seguir.



Landing Page:


As landing pages fazem parte da estratégia de mídia digital e podem ser traduzidas para páginas de destino ou, no marketing digital, páginas de conversão. São páginas que se utilizam de marketing de atração (inbound marketing), em que os clientes é que encontram as empresas, via páginas de pesquisa, redes sociais, e-mail marketing, SEOs ou mídias online pagas. A partir dessa atração, é possível estabelecer um relacionamento com este visitante, por meio de dados de contato, como e-mail, aplicativos de mensagem ou contato telefônico.


Como teaser, a landing page não exagera na quantidade de informações e de elementos na página, mas mesmo assim visa cumprir seu principal objetivo: fazer o visitante preencher informações em um formulário. E por que um visitante faria isso? Porque todos os elementos desta tática são voltados à conversão do visitante em lead. Um lead é um consumidor potencial que, de alguma maneira, demonstrou interesse em seu produto e que fornece seus dados de contato e até mesmo de consumo em troca de mais conteúdo ou vantagens.


É importante que este formulário capte informações essenciais, uma vez que o lead é uma oportunidade de transformar um interessado em cliente. Estas informações serão utilizadas nas fases posteriores, seja para convidar para eventos, como elucidamos antes, seja para fornecer mais informações de forma exclusiva ou em primeira mão ou até para que tenha maior atenção e disponibilidade da equipe de vendas no processo de aquisição.

Veja o processo completo na imagem a seguir:




A landing page deverá ter o conteúdo ideal para impactar ainda nos primeiros segundos. Desta forma, o visitante vê relevância e não fecha a página. No caso dos empreendimentos imobiliários, nesta fase, é importante mostrar a localidade e o entorno do empreendimento, evidenciando os pontos-chave do bairro. Uma boa forma de passar a mensagem de forma rápida, clara e simples é utilizar os recursos de imagens ou filmes 3D. Confira exemplos aqui.


De acordo com o e-book “Como Criar Landing Pages que Convertem”, do site Resultados Digitais, ao usar vídeos em Landing Pages, as conversões de visitantes em leads podem aumentar em 86%.


Por fim, o teaser é uma das fases mais robustas e importantes do lançamento imobiliário. Ele é a “isca” para conquistar seu melhor público e, com isso, economizar tempo e dinheiro em marketing e vendas. Como vimos, é preciso criar uma jornada pela qual o consumidor entre e não queira mais sair, com uma narrativa que seja determinante para transformar curiosidade em compra.


24 visualizações0 comentário